SPFW Trans N42: a beleza do imperfeito

SPFW Trans N42: a beleza do imperfeito

0

Nada de peles impolutas, esfumados intactos, bocas desenhadas: na SPFW Trans N42, a beleza-chave estava na imperfeição. Praticamente todas as marcas e beauty artists apostaram em looks limpos, com peles super hidratadas e cuidadas, mas pouco cobertas – além de olhos e bocas surpreendentes, que brincavam com formas e produtos mutantes.

ANIMALE

Make da Animale, por Fabiana Gomes (MAC)

Iódice

Make da Iódice, por Fabiana Gomes, e cabelo por Amanda Schön

Just Kids

Beleza da Just Kids, por Amanda Schön

Um dos produtos campeão de aparições nos bastidores dos desfiles foi o Lightful C Marine: Bright Formula Softening Lotion (R$ 163,00), uma loção iluminadora que deixa a pele mais suave e com um “glow” de saúde. O produto, além de deixar o visual mais jovial, também faz com que algumas manchinhas e olheiras sejam “naturalmente” disfarçadas, graças ao efeito-reflexo do iluminador.

Nos olhos, diversos maquiadores optaram por eyegloss, um produto belo, porém mutante: não fica parado e cria um efeito de movimento ao longo do dia, bem diferente dos esfumados marrons perfeitos que já reinaram por aí. O gloss, por sinal, ganhou espaço também nas têmporas, como um iluminador, e nos lábios, para belezas super naturais. Já o glitter passou de glamuroso a divertido, aparecendo em versões vazadas dos olhos e em traços imperfeitos.

Ratier

Beleza da Ratier por Lau Neves

Quem surpreendeu também foram as sobrancelhas, que dos desenhos delineados e quase gráficos, passaram a versões bagunçadinhas, “penteadas para cima e para fora”, de acordo com a maquiadora-sênior da MAC, Fabiana Gomes. O desfile de Reinaldo Lourenço foi um exemplo, com tema da maquiagem denominado “A Revolta das Sobrancelhas”.

Reinaldo Lourenço

Beauté de Reinaldo Lourenço com make de Fabiana Gomes (MAC) e cabelo de Ricardo Rodrigues (Studio W)

Experimento Nohda

Sobrancelhas “por fazer” e cabelo levemente destroyed da Experimento Nohda, por Celso Kamura

A beleza super limpa, quase não maquiada, também apareceu na SPFW Trans N42. Nesses casos, a pele era quase transparente, deixando olheiras e possíveis marquinhas à mostra. Os cabelos eram produzidos para parecer “usados”, marcados com suor, elástico, umidade ou ambos.

A La Garçonne

Beleza de À La Garçonne por Celso Kamura

A Brand

Beleza de A. Brand por Amanda Schön

O que você acha: dá para levar a beleza imperfeita para o dia a dia?

vanessa-ventura-assinatura

espaco2

Comente no Face ♥

Artigos similares