Dez padrões de beleza para abandonar em 2017

Dez padrões de beleza para abandonar em 2017

0

Quando iniciamos um novo ano, quase sempre pensamos em todos os hábitos que queremos mudar na fase que se inicia. Prometemos comer melhor, gastar menos dinheiro com besteira, nos exercitar 3 vezes na semana… Muitas vezes, essas metas acabam esquecidas na gaveta (nem todas elas são possíveis de cumprir! Ganhar na Mega Sena, por exemplo, não depende de você), mas alguns projetos merecem serem levados adiante para promover reais mudanças em nossas vidas. Em 2017, que tal derrubar dez padrões de beleza que talvez ainda façam parte da sua vida, mas só servem pra podar sua liberdade?

1. Fazer as unhas toda semana

Você pode fazer se quiser. Mas não se sinta obrigada. Manicures são caras e você não precisa estar com as unhas sempre coloridas pra ser considerada bonita ou feminina.

2. Depilar o corpo inteiro

Que belo mundo teríamos se todas meninas que não querem depilar a axila, as pernas ou o que quer que seja pudessem ser tão aceitas socialmente quanto quem é BFF da cera.

3. Usar salto em ocasiões especiais

Suas pernas não ficarão menos atraentes se você usar uma rasteirinha em vez daquele salto 15. Relaxe!

4. Maquiar o rosto todos os dias

Não há problema nenhum com maquiagem, assim como não há nada de errado em não se pintar diariamente. Sinta-se livre para deixar sua pele respirar de vez em quando!

5. Pintar os fios brancos

Essa vale pra mim, que ainda não me sinto totalmente à vontade com os cabelos brancos. Mas quem disse que somos obrigadas a cobri-los? Tente conviver ao menos um mês com seus fios naturais e veja o que acontece!

Posei para esse ensaio lindo da Epoque Intimacy sem ligar para as minhas imperfeições

Posei para esse ensaio lindo da Epoque Intimacy sem ligar para as minhas imperfeições

6. Ter vergonha de celulites e estrias

Não há problema algum em ter celulites e estrias: elas são comuns nos corpos femininos (que concentram mais gordura em áreas localizadas) e fazem parte das nossas vidas! É claro que você pode escolher diminui-las com tratamentos estéticos, cremes, massagens e dietas, mas nunca se prive de ir à praia ou usar alguma roupa por causa das marcas no seu corpo.

7. Ter vergonha de cicatrizes

Sejam faciais (de acne, por exemplo) ou corporais, as cicatrizes revelam algo que faz parte da nossa história e, por isso, não devem ser motivo de vergonha. Carrego uma marca grande na perna esquerda, de um ferimento que aconteceu na infância, e nunca me interessei por tirá-la com laser ou coisa do tipo. Não se sinta tímida por ser você mesma!

8. Temer as pintas

Observar pintas, principalmente as novas, é fundamental. Conte com a ajuda de umx dermatologista pra isso. Mas lembre-se: você não é obrigada a retirar todo e qualquer sinal que surgir no seu corpo.

9. Emagrecer/engordar

Você quer emagrecer/engordar porque deseja isso ou porque os outros impõem a você? Refletir sobre isso pode te ajudar a descobrir se realmente vale a pena mudar todo o seu estilo de vida para transformar o corpo.

10. Alisar/cachear

Por último, mas não menos importante: use o cabelo que agrada a você! Claro que vale sempre problematizar as nossas próprias escolhas. Mas, se for optar pela mudança, que seja uma decisão sua e não dos padrões de beleza.

Feliz 2017!

Fotos: Fabíola Freire (@caixadefosforofoto) para ensaio de Epoque Intimacy (@epoqueintimacy), com produção de moda de Isabela Nascimento (@isabelasn) e produção de beleza por mim mesma.

vanessa-ventura-assinatura

espaco2

Comente no Face ♥